Cultura e resultados: qual a relação?

Mariana Gardenal

Learning Designer

O que muitos gestores e líderes não entendem é que a cultura organizacional pode ser a chave para o sucesso da empresa.

O que é cultura organizacional?

Segundo o especialista e teórico Stephen Robbins, a cultura organizacional é “o sistema de significados compartilhados pelos membros, que distingue uma organização de outra”. Resumidamente, é o conjunto de crenças, hábitos, comportamentos e valores desenvolvidos e perpetuados dentro da empresa. Quando bem trabalhado, leva equipes e gestores aos mesmos objetivos e ações que levam resultados.

A cultura reflete muito no clima organizacional, ou seja, na percepção que cada colaborador tem sobre o ambiente profissional tanto na parte física quanto psicológica e comportamental. Hábitos que incentivem a tolerância, paciência, cooperatividade e diversidade promovem também um clima organizacional muito mais agradável, em que as equipes se sentem muito mais à vontade de ser quem são e, ao mesmo tempo, respeitam muito mais as diferenças, sejam elas quais forem.

Embora muitos fatores relacionados à cultura organizacional devam constar no plano estratégico, ela é, em si, um fator orgânico que deve ser fomentado pela empresa. Por exemplo: quando a organização incentiva a cooperatividade, os funcionários se sentem muito mais propensos a colaborar do que a competir entre si.

Qual a relação entre a cultura e o sucesso da organização?

A qualidade da cultura organizacional costuma ser diretamente proporcional à satisfação do colaborador. Mas qual o segredo do sucesso? Por que a cultura traz tantos impactos positivos? Veja:

Diversidade

Uma cultura organizacional forte trabalha a diversidade dentro de sua empresa. E isso inclui gêneros, etnias, religiões e classes sociais diferentes. Como consequência, as equipes e a gestão também se abrem a novas ideias e projetos inovadores no ambiente de trabalho, que podem trazer resultados surpreendentes para os negócios.

Novos talentos

A cultura reflete também a identidade da empresa e deve ser trabalhada dentro e fora dela. Assim, você consegue atrair colaboradores que estejam alinhados com os objetivos e maneiras de trabalhar na organização.

Além disso, um ambiente interno saudável acaba transformando a sua empresa em um local dos sonhos para trabalhar e em uma autoridade no segmento de atuação.

Comunicação

Cultura organizacional não existe sem comunicação.Novos hábitos e processos precisam dessas ferramentas para se disseminarem entre os colaboradores.

E o desenvolvimento de ferramentas de comunicação interna reflete também na qualidade da comunicação externa.

Clientes

Os clientes não querem apenas produtos e serviços — querem posicionamento. Hoje, o relacionamento não para na compra, mas na afinidade que o indivíduo tem com a sua marca. Por isso, é muito importante que a cultura da empresa esteja de acordo com suas atitudes. Se ela se diz vegana, por exemplo, toda a sua cultura de trabalho deve ser voltada à sustentabilidade.

Com esse posicionamento firme, os clientes certos acabam se tornando agentes da sua marca.

Como trabalhar a cultura voltada para resultados?

Veja como um criar uma cultura organizacional que traz resultados efetivos:

Ouça

Seus clientes, gestores e, principalmente, os colaboradores; escute todos que estão diretamente envolvidos com a sua empresa. Será que a postura da organização é coerente com as suas pretensões? O que precisa ser mudado para que os processos funcionem corretamente? E o ambiente de trabalho é realmente saudável?

Engaje

Uma cultura voltada a resultados deve ser exercida por quem traz esses resultados. Então, engaje os colaboradores à adoção desses novos hábitos. Mostre quais os benefícios e o que eles poderão fazer em curto, médio e longo prazos.

Reforce

Uma nova cultura pode demorar um bom tempo para se estabelecer. No entanto, isso só acontece com o trabalho diário. Então, reforce e repita esses novos hábitos continuamente. Quando os colaboradores percebem a mudança nos cargos mais altos, sentem-se mais estimulados a repeti-las.

Monitore

Se os funcionários estão motivados, então grande parte do trabalho já foi feita. Agora é monitorar para ver se as equipes estão a caminho dos resultados desejados.

Lembre-se de que o colaborador não deve apenas correr atrás de números, sem saber qual o seu objetivo ideal. O ideal é que ele faça parte da construção de sua meta e se sinta desafiado a cumpri-la.

E se você quer investir na cultura organizacional hoje, conheça as soluções da Building 8.